Descontrole de Natalidade

O descontrole da natalidade é hoje um dos maiores problemas do Brasil. Só não é o maior por ser conseqüencia do baixo nível de escolaridade e informação da maior parte da população. Tempos atrás o Fantástico exibiu uma matéria com o Dr. Dráuzio Varela (?), explicando a operação de vasectomia. Feita gratuitamente pelo SUS, muitos homens alegaram diante das câmeras que não a fariam para não passar a ser "menos homem".

Sem informação, sem educação, essa massa se reproduz desenfreadamente. Sem controle. A população brasileira cresce mais do que a máquina do Estado é capaz de acompanhar. Faltam escolas, hospitais, habitação. Essa massa de baixa renda, sem recursos, não movimenta a economia, agravando o déficit de empregos. A cada ano aumenta a população e a velocidade do ciclo vicioso. No início dos anos 70 éramos apenas 80 milhões. Em 2006, já passamos dos 185. Vemos os problemas do país se agravarem a cada ano, apesar do desenvolvimento das últimas décadas.

É muito fácil condenar uma coitada que anda pelas ruas com três ou quatro crianças ao lado, uma nos braços e outra na barriga. Mais fácil ainda é condenar um deputado, governador ou presidente, pois motivos para críticas não faltam. Estamos todos no meio de um empurra-empurra onde poucos fazem sua pequena parte para melhorar a situação. Ninguém consegue nada sozinho, mas com uma pequena contribuição de cada um, ainda podemos salvar este país, que não afunda fácil, mas afunda.

As vezes alguns minutos de conversa com uma pessoa mais humilde faz alguma diferença. Sempre temos informações importantes para passar e muito mais para receber. Doutores se formam em faculdades, sábios aprendem com pessoas humildes.

Sejamos todos sábios o bastante para fazer nossa pequena parte. O problema é de todos nós. O problema de uma mulher miserável e sua penca de filhos famintos afeta também a todos que, com seus próprios problemas, não tem tempo para se preocupar com essa mulher. Filhos de mulheres como esta são aqueles que podem roubar seu carro, assaltar sua empresa, sua casa, você ou seus filhos na rua. São aqueles que, drogados, cometem crimes e matam inocentes todos os dias. Nada é por acaso, tudo tem causa e conseqüencia.

Você pode não ter tempo para se preocupar com os problemas do mundo, mas esses problemas mais cedo ou mais tarde te causarão mais problemas. E o problema mais urgente deste país, entre tantos problemas gravíssimos, é o descontrole de natalidade. Melhorar a saúde, educação, desenvolver a economia e criar empregos, com a taxa de natalidade atual, é como enxugar gelo. Nunca bastará.

Controle de natalidade, nenhuma novidade para quem lê este texto, natural e rotineiro, mas desconhecido nos morros e favelas das grandes e pequenas cidades, onde a população se multiplica e os nossos problemas aumentam a cada dia. Enquanto esse povo, sem acesso a uma educação condizente com nossos dias, desconhece a gravidade de se ter muitos filhos. E quem somos nós para condená-los...

Daniel Coelho
07/06/2006
.pdf : arquivo para impressão
Filosofia : menu de textos
CoelhoVoador.net : página inicial
TocadoCoelhoVoador.blogspot.com : meu blog