Por que mulher estuda mais e ganha menos?

Assunto pra dissertação... mas um pequeno comentário... uma grande bandeira feminista, revoltadas com a injustiça de mulheres estudarem mais, ser tão dedicadas aos estudos, lerem tanto, se esforçarem tanto, enquanto os homens são tão relaxados com os estudos, despreocupados, estudam menos, lêem menos... mas mesmo assim, os homens ganham mais... que absurdo, não? Injustiça social, uma evidência do machismo que ainda impera no mercado de trabalho... mas, como dizem as pesquisas, mesmo entre empresários, os homens ganham mais... que fenômeno injusto, não?

Bem... algum tempo atrás, lembro de ter visto uma matéria sobre dados impressionantes de quantos milionários não possuem nível superior... uma porcentagem bem alta... incluem-se aí artistas, atletas, comerciantes e empresários que começaram modestamente e ganharam muito dinheiro com muito trabalho e boas idéias, as vezes simples...

Por outro lado, muita gente que fez faculdade, não trabalha na área para a qual se preparou... após anos de estudo, investimento de tempo e dinheiro, a faculdade não trouxe resultados na vida da pessoa... cada caso é um caso, claro... mas por aí já percebemos que faculdade e estudo não é tudo para ganhar dinheiro... tem muito jogador de futebol que saiu da favela e ficou milionário, enquanto muitos que nasceram em berço de ouro, fizeram faculdade tranquilamente, intercâmbio no exterior... e continuam dependendo do dinheiro dos pais... estudar e fazer faculdade não é tudo, não é?

Escolaridade não é tudo. Fatores humanos como criatividade, fatores econômicos como demanda, fatores ambientais... encontrar e aproveitar uma oportunidade, criar soluções, resolver problemas... para as empresas, mais importante do que a escolaridade do funcionário, é o que esse funcionário produz. Não basta conhecimento teórico, o que interessa na prática é o que cada pessoa é capaz de fazer. Não adianta aprender, conhecer, estudar e são saber usar, aplicar, resolver.

No mercado de trabalho, o que valoriza o profissional é a capacidade dele gerar lucro para a empresa. Estudo, leitura, conhecimento, são ferramentas para o profissional, mas mais importante do que possuir, é saber usar. Ainda mais hoje em dia, quando tanto conhecimento e informação estão disponíveis gratuitamente e são facilmente encontrados na internet.

Exemplos

Por exemplo, um jovem mecânico pode fazer um curso técnico, comprar equipamentos modernos e sofisticados... mas não ser tão eficiente quanto um mecânico velho e experiente, com ferramentas simples e antigas. Experiência é muito importante.

Podemos comparar por exemplo dois massoterapeutas iniciantes, que fizeram curso técnico, estudaram anatomia, patologias, conhecem músculos, problemas de saúde e cuidados especiais que devem ter em cada caso. Mas não basta estudar muito, possuir um enorme conhecimento, se na prática a pessoa não tiver dom. No caso, mão boa pra fazer massagem, sensibilidade, tato, percepção, habilidade, coordenação motora. No momento de fazer uma massagem, o importante para o paciente é a qualidade da massagem, não o vasto conhecimento teórico, o cliente não quer uma aula, quer um serviço. Em um músculo contraído, é preciso aplicar força. Que adianta conhecimento teórico, se o massagista não tiver força e habilidade?

Na engenharia, o que é mais importante, conhecimento ou criatividade? Que adianta um engenheiro que faz cursos e mais cursos, lê livros e acumula conhecimento, se na prática não possui criatividade para aplicar seu conhecimento e encontrar soluções para resolver os problemas dentro das limitações?

O seriado House é um ótimo exemplo. Um médico genial. Possui um conhecimento enorme, mas de que adiantaria ler e estudar muito, se ele não tivesse uma boa memória para se lembrar do que ele estudou e aplicar o conhecimento na prática? Que importância tem para um advogado saber encontrar as brechas nas leis que ele estudou?

Fator Humano

Fator humano, características pessoais, criatividade, experiência... além, claro, de boa capacidade de trabalhar em equipe, comunicação, entrosamento, bons relacionamentos. Tudo isso é importante no mercado de trabalho, para a empresa, para o indivíduo. Tudo isso faz diferença. Conhecimento não é tudo, é apenas parte.

Existem escolas de música, faculdade de música, escola de artes, escolinhas de futebol, curso de pilotagem de carros... mas muito mais importante que teoria é o talento, nos esportes, nas artes. Nessas áreas a importância do fator humano é muito mais evidente, mas existe em todas as áreas. Não existe área nenhuma em que a técnica seja tão importante, que não pese o fator humano.

Inteligência é fundamental. Dizem que computadores são burros, pois podem armazenar mais informação e fazer mais cálculos do que qualquer ser humano seria capaz de processar durante toda a sua vida. Mas computadores são incapazes de pensar, eles apenas armazenam informação e processam dados. Você pode inserir informações em um computador, mas não espere que ele saiba o que fazer com elas. Para fazer qualquer coisa, um computador precisa ser programado para isso. Alguém precisa dizer, em linguagem de programação, o que a máquina deve fazer. Apesar das capacidades fenomenais das máquinas, elas são burras. E o maior perigo de uma máquina que possa pensar, no futuro: máquinas possuem valores éticos, morais?

As máquinas são o melhor exemplo de que não importa a quantidade de informação, se não houver capacidade de utilizar o conhecimento, aplicar na prática. Essa é a vantagem dos homens. Por mais que as mulheres estudem, os homens são melhores na prática. Por mais que as mulheres sejam superiores em acumular conhecimento, os homens sabem usar melhor as ferramentas que possuem. Podem estudar menos, mas sabem resolver as coisas. Seja avaliar as situações ou encontrar as soluções, o cérebro do homem faz um trabalho melhor. O cérebro do homem é mais focado. O capacidade cognitiva do homem de aliar o conhecimento a criatividade para resolver problemas é maior. E para uma empresa, vale mais o fazer do que o saber.

Por que mulher ganha menos?

Já vi argumentos de que a mulher ganha menos por que se divide entre a casa e o trabalho, tem o dever de cuidar dos filhos. Então imagino que mulheres solteiras, que não tem filhos e possuem maior escolaridade, ganhem mais do que os homens. Se esse argumento estiver correto. Portanto, é muito simples, fácil resolver esse problema. A mulher que quiser ganhar mais do que um homem, não se case, não tenha filhos, dedique-se exclusivamente ao trabalho, e irá ganhar mais dinheiro que um homem. Simples, então por que ao invés de reclamar, as mulheres insatisfeitas não fazem isso? O trabalho e o dinheiro são mais importantes que a família e os filhos? Então não tenha filhos. Assunto sério.

A mulher que se preocupa mais com o trabalho do que com os filhos, melhor não ter filhos, pois criança não merece uma mãe assim. Nem os homens não estão interessados em mulheres mais preocupadas com o trabalho que com os filhos. Pois para uma criança, a atenção da mãe é mais importante que o dinheiro que ela ganha para comprar brinquedos. Não existe brinquedo mais importante do que uma boa mãe. A presença da mãe é importante para a criança, e a educação e dedicação da mãe vão fazer diferença na vida do filho. Na vida inteira.

O que é mais importante para a mulher, a família ou o trabalho? Com que a mulher se preocupa mais, com os filhos, com os deveres profissionais, ou com os deveres domésticos? Com que a mulher se preocupa mais, com seu futuro profissional ou com seu futuro pessoal, seu relacionamento, seu marido, seus filhos, sua família? O que é mais importante? Educar os filhos ou ganhar dinheiro, deixando os filhos para serem educados pela babá, pela avó, pela televisão, pela escola, pelos colegas e pela internet? A mulher prefere ser mais importante para o chefe ou para o marido e os filhos? Prefere brincar com os filhos, ensinar e acompanhar o crescimento deles, ou chegar em casa depois de um dia de trabalho sem disposição para brincar com os filhos? O que é melhor para a mulher, passar um dia trabalhando ou brincando com os filhos? O que é mais saudável, mentalmente falando, para a mulher? E para as crianças, o que é melhor, psicologicamente falando? Receber atenção da mãe, ou da babá?

Trabalho pra Homem

Claro que a família é importante para o homem. Mas o homem precisa trabalhar. Não apenas para sustentar a família. O homem precisa trabalhar. É uma necessidade mental, psicológica, a saúde mental do homem depende do trabalho. O homem pode não ter uma família, mas não pode não ter um trabalho. Trabalhar é mais importante para a saúde mental do homem do que ter uma família. Claro que ter uma família é importante, mas para ter uma família, o homem precisa trabalhar. Pois o homem tem a obrigação de sustentar a família. O homem não tem paciência para viver brincando com os filhos. O homem precisa de problemas, precisa de desafios, precisa ter responsabilidades. Sua saúde mental depende disso.

O homem não trabalha apenas para ganhar dinheiro. Trabalha por que precisa trabalhar. Precisa ser importante, por mais humilde que seja, o homem precisa ter uma função na sociedade, trabalhando. Enquanto a função social que realmente importa para a mulher, é sua função na família. A mulher que discordar e considerar o trabalho mais importante, basta abandonar a família para se dedicar ao trabalho, para ganhar mais dinheiro. O homem que considera a família mais importante que o trabalho, vai se dedicar muito mais ao trabalho, vai dedicar mais do seu tempo trabalhando, para poder sustentar sua família. Pois por mais importante que seja a família, o homem precisa trabalhar. O que é mais importante para a mulher? Onde está a preocupação, o instinto natural da mulher? Onde está o coração da mulher, no trabalho ou na família?

O que importa?

As mulheres vivem cada dia mais paranóicas, preocupadas com roupas, dietas, estética... fazendo cirurgias e tratamentos plásticos, tentando ficar cada vez mais bonitas... enquanto isso, o interesse dos homens nas mulheres é cada vez menor. Enquanto isso, as mulheres estão cada vez mais preocupadas em estudar, trabalhar e ser independentes. Estão conseguindo. Enquanto isso, relacionamentos estão cada vez mais complicados, casamentos mais frágeis e problemáticos, famílias cada vez mais desestruturadas e filhos cada vez mais revoltados, jovens cada vez mais confusos e perdidos. O que está acontecendo? O que mudou? Pense nisso, se estiver difícil responder, volte ao primeiro parágrafo e leia tudo de novo...

Para as mulheres, o sucesso profissional e financeiro do homem é importante. A função do homem é sustentar e proteger a família. Claro que o sentimento do homem, sua dedicação é importante. Mas a mulher não pode considerar o dinheiro mais importante que o sentimento. Para seu próprio bem. O homem cuja fortuna é maior que o sentimento pela mulher... um dia vai encontrar outra mulher, mais bonita, mais jovem... igualmente mais interessada no dinheiro dele, do que no sentimento... e para ele, é questão de trocar uma velha interesseira por uma jovem interesseira.

Mulheres, que considerem a família mais importante que o trabalho, mas ainda não encontraram o seu príncipe encantado? Está difícil? Já pararam pra pensar, o que o homem quer? Sexo? Para isso existem putas, e homens dificilmente procuram putas para se casar... aliás, com tanta biscate por aí, nem precisam procurar putas para sexo... por que pagar, se está fácil conseguir de graça? Mulher, quer um marido? Então pense, o que um homem espera de uma esposa? Sexo? Beleza? Peitos e bunda grande? Ou uma profissional de sucesso, rica, que possa sustentar a família, os filhos, e pagar as compras dele no shopping? Ah não... isso é o que as mulheres querem... porra, parem pra pensar um pouco, por que vocês acham que mulher é burra? Por que não sabem pensar... pare e pense. O que os homens querem? Uma puta, uma profissional de sucesso, ou uma boa mãe para os filhos? Entendeu ou quer que eu desenhe? Por que tá difícil, essas mulheres de hoje... não entendem mais nada... do que realmente deveriam entender. Por isso não entendem os homens.

Seja mulher. Seja feminina. Siga seus instintos, seu coração. E tome cuidado com as bobagens que se diz por aí, cuidado com a televisão, cuidado com "especialistas". Seja mulher. Os homens querem mulheres femininas, mas essa espécie está em extinção. Por que as mulheres de hoje querem ser homens. Querem concorrer com os homens no mercado de trabalho, querem ganhar mais dinheiro que os homens. Querem conquistar o mercado de trabalho. Estão mais preocupadas com a vida profissional. Assim como os homens... que homem precisa de uma mulher assim? Homem precisa de uma mulher preocupada com a família, preocupada em educar os filhos, feliz dentro de casa, brincando com os filhos. Para que ele possa trabalhar em paz, para sustentar a família, louco para chegar em casa e encontrar uma mulher feliz e bem disposta, sem dor de cabeça...

Assim todos viverão felizes para sempre, ganhando aquilo que realmente importa.

Daniel Coelho
15/07/2010
.pdf : arquivo para impressão
Filosofia : menu de textos
CoelhoVoador.net : página inicial
TocadoCoelhoVoador.blogspot.com : meu blog